quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Cinema: O Discurso do Rei

Meninas,

Nesse último domingo, fui assistir ao filme O Discurso do Rei e afirmo que foi um dos melhores filmes que assisti nos últimos tempos (nesta lista estão incluídos: O Vencedor, Meu Malvado Favorito e Enrolados).


É um filme que aposta no diálogo e na amizade entre dois personagens principais, o Rei George VI (um rei gago) e o seu amigo Lionel Logue (um “médico” excêntrico), representados pelos atores Colin Firth e Geoffrey Rush respectivamente. O filme é baseado em fatos reais e conta como George, o pai da Rainha Elisabeth II, conseguiu vencer a gagueira em seus discursos como Rei da Inglaterra.
 
O filme é sensacional e a atuação desses atores é um show a parte. AMEI! Não é a toa que o filme e os atores estão concorrendo ao Oscar. E, olha que, não foram poucas as indicações, hein?! The King's Speech (nome original) pode ganhar uma ou mais das 12 estatuetas a que está concorrendo:
 
- Melhor Filme
- Melhor Ator: Colin Firth (favorito)
- Melhor Ator Coadjuvante: Geoffrey Rush (disputando acirradamente com Christian Bale)
- Melhor Atriz Coadjuvante:
Helena Bonham Carter
- Melhor Diretor: Tom Hooper
- Melhor Roteiro Original
- Melhor Direção de Arte
- Melhor Fotografia
- Melhor Mixagem de Som
- Melhor Trilha Sonora
- Melhor Figurino
- Melhor Edição
 
Segue a sinopse retirada do site Adoro Cinema:
“Desde os 4 anos, George (Colin Firth) é gago. Este é um sério problema para um integrante da realeza britânica, que frequentemente precisa fazer discursos. George procurou diversos médicos, mas nenhum deles trouxe resultados eficazes. Quando sua esposa, Elizabeth (Helena Bonham Carter), o leva até Lionel Logue (Geoffrey Rush), um terapeuta de fala de método pouco convencional, George está desesperançoso. Lionel se coloca de igual para igual com George e atua também como seu psicólogo, de forma a tornar-se seu amigo. Seus exercícios e métodos fazem com que George adquira autoconfiança para cumprir o maior de seus desafios: assumir a coroa, após a abdicação de seu irmão David (Guy Pearce)”.
O ator Colin Firth ganhou recentemente uma estrela na Calçada da Fama e já está com outro filme em produção: The Promised Land.
 
Fica a dica: Vale a pena conferir!
 
Bjks,
Beka.

7 comentários:

Mariana disse...

Hum...muito interessante!
Tenho que ver esse e os outros filmes para poder dar o "meu" oscar! hehe
:P

Vanessa disse...

Acho que vou ver esse filme na sexta feira.

Lu Peral disse...

Ai, eu estou louca para ver tb!

Simone Arrais disse...

Beka, O Discurso... é o meu "mais preferido", para usar a expressão dos meus meninos! lol Colin está incrível e "o poder terapêutico dos palavrões" já é uma de minhas cenas antológicas preferidas!!! Bjs,bjs!

Beka disse...

Simone,
Essa cena é sensacional mesmo! Super engraçada!
O Colin está maravilhoso no papel. Se o Oscar desse ano não for dele, não acredito mais nesse prêmio... hehe.
Já o Geoffrey que também manda muiiiito bem, tem que disputar com o Christian Bale que está divino em O Vencedor. Não queria está na pele dos membros da Academia.
And the Oscar goes to...
Bjs,
Beka.

Vanessa disse...

Se eu conseguir ficar acordada no domingo, será pra ver EXCLUSIVAMENTE Mr. Firth!!

Caroleca disse...

Este filme simplesmente arrasou...